Permita-se, apenas (...) '

"Da vida, não quero muito. Quero apenas saber que tentei tudo o que quis. Tive tudo o que pude. Amei tudo o que valia. E perdi apenas o que, no fundo, nunca foi meu."
Autor Desconhecido.   (via velhosonhador)

(Source: resigno, via velhosonhador)

— 3 weeks ago with 50628 notes
"Apesar da ameaça. Sou só garganta. Não sou violenta. Não sou maldosa. Sou só um resultado."
A Menina que Roubava Livros.                (via velhosonhador)

(Source: s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r, via velhosonhador)

— 3 weeks ago with 14289 notes
"Então, ele apareceu. Ele apareceu na minha vida de mansinho. Eu apareci na vida dele devagarinho. Nós aparecemos na vida um do outro, sem pedir nada, sem cobrar nada, sem dizer nada. Depois, as palavras. Elas, que me seduzem. Elas, que me envolvem. Elas, que me aproximam. Foram as palavras que me aproximaram dele. E foram elas que me conduziram até o amor da minha vida. Entre uma palavra e outra, uma inquietação. Entre uma inquietação e outra, a curiosidade. Entre uma curiosidade e outra, um medo. Será? Entre um será e outro, um relâmpago chamado coragem. Fui. Ele veio. Nós fomos. Daquele dia em diante, não ficamos um dia sequer sem nos falarmos, seja por telefone, e-mail, mensagem, telepatia. Entre uma conversa e outra, um sentimento. Entre um sentimento e outro, o amor e, com ele, a definição. Sim. Sim. Sins."
Clarissa Corrêa. (via velhosonhador)

(via velhosonhador)

— 3 weeks ago with 16049 notes
"Na maioria das vezes é um perigo quando você sorri ao lembrar de alguém."
Gramaticas. (via velhosonhador)

(Source: gramaticas, via velhosonhador)

— 3 weeks ago with 12984 notes
"Aquele sorriso seria capaz de pôr fim a guerras e curar o câncer."
O Teorema Katherine.   (via velhosonhador)

(Source: delator, via velhosonhador)

— 3 weeks ago with 65780 notes
"Sempre fui a pessoa que some, que ignora, que não se importa. Nunca fiz o papel da pessoa que insiste, que prende, que implora, que sufoca. Sempre fui a pessoa que sentiu menos, que amou menos, que quis menos. Mas dessa vez foi diferente das outras, dessa única vez eu sinto vontade de ir atrás. Agora eu quero que tudo seja diferente. Eu abro mão de ser o vilão da história, o cachê de idiota apaixonado ta mais alto."
Sean Wilhelm.  (via velhosonhador)

(Source: nevasca, via velhosonhador)

— 3 weeks ago with 24283 notes
"Quando a gente acha a pessoa certa, a gente muda. Mesmo sem querer. Muda o sorriso, muda o jeito de ver o mundo. Tudo fica mais bonito quando se gosta de alguém."
Felipe (via sintonizo)

(Source: felipe-cortez, via sintonizo)

— 3 weeks ago with 259 notes
"

E cá estou eu, fingindo de novo. Sentimentos, sorrisos e choros. Por medo de que descubram o quão vazia sou.

"
Ravena Souza.   (via sintonizo)

(Source: alinhou, via sintonizo)

— 3 weeks ago with 16469 notes
"Acho que é isso que todos nós desejamos. Estar bem. Estar legal. De olhar em um espelho e não desejar nada, não precisar de nada, porque está tudo ali."
Markus Zusak. (via sintonizo)

(Source: incorpora, via sintonizo)

— 3 weeks ago with 4142 notes
"Quem é você pra falar de miséria? Uma casa confortável, comida na mesa e roupa lavada o esperam todos os dias. Quem é você pra falar de saudade? Quem mais o ama sempre estará do seu lado: os seus pais. Quem é você pra falar de preconceito? O garoto negro e sujo que passa do seu lado recebe o seu pior olhar de desprezo. Você fala de almas floridas como se, por um acaso, tivesse uma. Você grita que o mundo precisa de pessoas melhores, mas não passa de alguém igual a todos os outros. Você critica atitudes que, na verdade, você mesmo coloca em prática. Quem é você pra falar em solidariedade, quando não ajuda um cego a atravessar a avenida sem pedir nada em troca? Ou quando não cede o acento do ônibus pra uma senhora idosa? E, ainda por cima, quando não abre mão de um par de sapatos velhos pra doar à quem mais precisa? Quem é você pra encher a boca e falar de compaixão, quando não tem lágrimas nos olhos ao ver o jornal noticiar inúmeras tragédias que acontecem todos os dias? Ou quando não se sensibiliza ao ver o desespero de uma mãe que acaba de perder o filho? Não adianta dizer que quer um mundo melhor: é preciso, acima de tudo, fazer a sua parte pra que ele exista. Quem é você pra falar de política, quando apoia os candidatos corruptos que se dizem ficha-limpa? O Brasil não vai pra frente por gente como a gente. Quem é você pra falar de baixa escolaridade, quando estudou desde que nasceu em escola privada? Quem, por um acaso, é você pra abrir a boca pra falar de injustiça, quando a sua classe social pertence a minoria que tem uma boa estabilidade econômica? Não adianta se dizer amigo e ter alma de colega. Uma palavra estupida não vale mais do que uma atitude correta. Muitos de nós estufam o peito pra se dizer contra o desmatamento, a homofobia e o estupro, mas poucos realmente fazem algo pra ajudar a combater essas coisas. Inúmeras pessoas reclamam do calor excessivo nos dias atuais, mas poucas tem consciência em preservar o planeta pra diminuir as causas do problema. E de ciúmes, quem é você pra falar? Nada que foi seu, é seu ou será seu já foi ameaçado de ser tirado de sua posse. Porque ciúmes é aquilo que a gente sente quando tem medo de perder o que, de um jeito ou de outro, é nosso. Quem é você pra falar de medo? Nenhum monstro bizarro ou sentimento grandioso te rouba noites de sono. Quem é você, afinal, pra sair por aí falando de tristeza? Nenhum buraco tão grande a ponto de desestruturar toda a sua base psicológica lhe tomou o peito. Nenhuma lágrima nunca foi tão pesada ao cair sobre a sua face. Nenhum rio nunca foi tão pequeno ao te fazer chorar incessavelmente no chão do banheiro. Quem fala muito, pouco, de fato, realmente faz. Quem é você que acena e sorri pra qualquer pessoa que cruza o outro lado da calçada, mas ainda se sente no direito de falar em timidez? Quem é você que esbanja felicidade e quer reclamar de solidão? Solidão é quando a melhor companhia pro resto de nossas vidas somos nós mesmos. Solidão é aquilo que te deixa inerte na cama um sábado inteiro. Quem é você pra falar em revolta? Isso é o que acontece quando estamos casados da mesmice, do comodismo, do vazio sem fim. E sobre o fim, quem é você pra dizer alguma coisa? Nenhum final teve um efeito tão impactante sobre algo que você zelava muito. Céus, quem é você pra falar em baixa auto-estima, quando o resto do mundo faz questão de alimentar o seu ego? Quem é você pra falar de angústia, se nenhum amor aflito nunca lhe virou do avesso? Afinal, quem é você pra falar de amor?"
Capitule (via velhosonhador)

(Source: capitule, via velhosonhador)

— 3 months ago with 5950 notes
"Eu não sou legal, não mesmo. Acho que sempre tenho razão e quando minhas previsões dão certo olho com a cara mais abominável do mundo, dou um sorriso irônico e falo o clássico eu-te-avisei. É que, em geral, eu tenho razão. Essa é a primeira – e mais importante – coisa que você precisa aprender a meu respeito. Não sei receber elogios, fico sem saber o que fazer, me atrapalho e acabo trocando de assunto – quando não troco as pernas e tropeço em algum canto de mim. Sorrio para disfarçar desconfortos. Se eu não gosto de você é bem provável que você tenha medo do meu olhar. E eu posso simplesmente não gostar de você de graça. Se eu gostar de você aviso de antemão que você é uma pessoa de sorte. Eu me entrego. Quem vive comigo sabe. Quem convive comigo sente. Eu amo poucos. Mas esses poucos, pode apostar, amo muito."
Clarissa Corrêa.    (via velhosonhador)

(Source: auroriar, via velhosonhador)

— 3 months ago with 42954 notes
"Mas, por favor. Não vamos confundir ausência com indiferença. Não vamos justificar abandono com falta de tempo."
Romulo Assis.  (via velhosonhador)

(Source: 0bjetividade, via velhosonhador)

— 3 months ago with 45707 notes
"O mundo precisa de atitudes, não de opiniões. Opinião nenhuma mata fome ou cura doença."
Angelina Jolie.  (via velhosonhador)

(Source: vakyym, via velhosonhador)

— 3 months ago with 111494 notes